Transformando Jovens em Empreendedores de Negócios Sociais

25 de junho de 2015 por Lilian Campelo

11536057_10205374932146021_4065836543688475406_n

Alguns de tênis e boné, calça jeans e mochila. O que há dentro daquelas bolsas que eles trazem nas costas? Talvez cadernos, fone de ouvido de celular e muitos sonhos, incertezas e uma vontade enorme de apreender.

Cerca de 140 meninos e meninas entre 17 e 29 anos participaram ontem, 24, do II Beiradão de Oportunidades – Transformando Jovens em Empreendedores de Negócios Sociais. O evento temático irá até sábado, 27, e ocorre no auditório da Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA.

A proposta do primeiro dia foi trabalhar com os jovens a identificação do perfil empreendedor e as oportunidades de negócios em Santarém. Muitos deles são alunos do SENAI, Instituto Federal do Pará (IFPA), campus Santarém, ou estão envolvidos em atividades do Grupo Sol e Pastoral do Menor.

Inicialmente foi feita uma palestra realizada por Fábio Brito, especialista em coach. De acordo com o Instituto Brasileiro de Coaching – IBC – a técnica tem com foco potencializar e maximizar o desempenho dos indivíduos, seja para a vida pessoal e profissional, fornecendo suporte para que uma pessoa possa mudar da maneira que deseja, para seguir na direção almejada e assim levar à mudança.

IMG_20150624_110103038Para tratar desses aspectos com os jovens, a palestra teve a apresentação de vídeos e depoimento do próprio palestrante, que narrou episódios de sua vida, uma forma de se aproximar dos jovens estabelecendo um dialogo de confiança.

Após a palestra iniciou-se outra atividade em forma de jogo de tabuleiro. Eram feitas perguntas, e ao passo que os jovens respondiam avançava-se uma casa. As questões tratavam de situações do dia a dia de um empreendedor. A proposta do jogo era identificar esse perfil no jovem, ideia essa que Lara Duarte, 17 anos achou interessante. “Eu gostei da proposta, é uma forma bem dinâmica de conhecer mais sobre esse perfil”.

O Beiradão de Oportunidades é uma iniciativa do Projeto Saúde & Alegria com apoio da Fundação Telefônica Brasil.

Deixe um comentário

*