Conhecimentos Livres de Metareciclagem na Casa Puraqué

20 de fevereiro de 2014 por Adriane Gama

ofic_metarecO Coletivo Puraqué realiza neste próximo sábado, dia 22 de fevereiro, uma Oficina de Conhecimentos Livres de Metareciclagem com o apoio da Secretaria Nacional da Juventude, pelo ambiente virtual interativo – O participatório – Observatório Participativo da Juventude, voltado para a produção de conhecimento e experiências colaborativas da juventude brasileira.

A maloca do Puraqué (espaço cultural comunitário) será o palco desse encontro de cultura digital que contará com a participação de alunos e colaboradores da terceira turma dos Cursos de Informática do Puraqué, estudantes da Escola Municipal Santa Luzia, no bairro do Amparo e moradores da Grande Área do Santarenzinho e do Maracanã.

O objetivo do evento é promover uma intervenção de apropriação cidadã da tecnologia, através das atividades da Metareciclagem, uma metodologia que estimula o fazer em equipe, através da construção colaborativa do conhecimento, usando como material didático, computadores obsoletos para dismistificar a sua “caixa preta”. A ideia é sensibilizar a comunidade sobre a importância da consciência ambiental e trocar experiências em busca de soluções criativas para uma transformação social em sua realidade. Leia o resto desse post »

Assistência Técnica e Extensão Rural chega na Resex Tapajós-Arapiuns

12 de fevereiro de 2014 por Fabio Pena

viveiroO Projeto Saúde e Alegria iniciou em janeiro de 2014 um desafiador projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural – ATER para comunidades da Reserva Extrativista (Resex) Tapajós – Arapiuns, por meio de um contrato com o Ministério do Desenvolvimento Agrário através do INCRA para oferecer assistência adequada às comunidades no melhor aproveitamento do potencial produtivo da Resex. O serviço busca fortalecer a produção, a gestão e a comercialização de produtos da agricultura familiar e do extrativismo, com o uso racional dos recursos naturais, visando a melhoria da renda e a inclusão social da população.  É a primeira vez que o Governo Federal destina recursos de assistência técnica específico para a realidade dos agroextrativistas.

O primeiro mês de 2014 trouxe esta boa notícia para as comunidades da Resex Tapajós-Arapiuns.  Organizações que vão atuam no Programa de ATER percorreram as 74 comunidades que compõe o território anunciando o início do projeto. O Saúde e Alegria, uma das organizações contratadas pelo INCRA para realizar este serviço, realizou 09 Oficinas apresentando o Plano de trabalho que será executado. Na oportunidade, os comunitários puderam entender o que é ATER e conhecer a equipe que vai atuar em suas comunidades, como engenheiros agrônomos e florestais, técnicos agrícolas e profissionais da ciências humanas. Foi um momento considerado por muitas lideranças como histórico para a Resex, e por isso, também festivo, como um passo importante para demonstrar a viabilidade econômica, social e ambiental deste território diante da necessidade do desenvolvimento sustentável e a melhoria de vida dos moradores.

Por Carlos Joseph

Despertar para novas oportunidades na Resex Tapajós Arapiunspovofestivo

Fornecer assistência técnica é um dos caminhos para incentivar atividades produtivas. Em todo o Brasil diversos programas foram criados com este objetivo, porém a realidade de comunidades extrativistas nunca havia sido contemplada. A falta de assistência especifica para esta atividade resultou no esquecimento ou subutilização de produtos que explorados racionalmente, pode melhorar a condição socioeconômica de populações tradicionais, principalmente em Reservas Extrativistas.

Foi a partir da análise desta situação que o Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), como resultado do Encontro “Chamado dos Povos da Floresta”, realizado em 2011, apresentou ao Governo Federal como uma de suas maiores prioridades, uma assistência técnica adequada para a realidade dos extrativistas. A partir daí o Governo Federal, através de uma ação interministerial coordenado pelo Programa Brasil sem Miséria, lançou o Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) Extrativista. O programa beneficiará 26 mil famílias que vivem em Unidades de Conservação, entre elas a Resex Tapajós Arapiuns no Oeste do Pará.

A ATER Extrativista concentra investimentos dos Ministérios do Desenvolvimento Agrário e do Ministério do Meio Ambiente. As ações são coordenadas pelo INCRA e serão executadas em dois anos e meio por entidades selecionadas através de chamada pública. “O INCRA tem a responsabilidade de prestar assistência técnica aos beneficiários da reforma agrária, mas não tem condições de fazer com a equipe que tem, por isso, contrata organizações e empresas que possam executar esse serviço”, explica Rubens Françoise. As entidades executoras na organização social, visando fortalecer o associativismo e o cooperativismo, no acompanhamento técnico para implantação de atividades produtivas, e nas estratégias de comercialização dos produtos. Uma cadeia de ações, que visa o incremento da renda e segurança alimentar e a inclusão social de famílias agroextrativistas. Trata-se também de uma das estratégias para diminuir a dependência dos programas de transferência de renda.

As entidades prestadoras foram selecionadas de acordo com lotes. Na Resex Tapajós Arapiuns são cinco lotes, sendo que em dois deles (abrangendo 26 comunidades e 1254 famílias, de Vila Franca a Surucuá) os trabalhos são conduzidos pelo Projeto Saúde Alegria. Os demais serão executados pelo CEAPAC, IPAM e ECOIDEIAS. Na Resex o programa tem apoio do Instituto Chico Mendes – ICMBIO e da Organização das Associações da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns – TAPAJOARA.

A TAPAJOARA representa legalmente os moradores e é responsável por promover a gestão participativa da reserva. Segundo Leônidas Farias, presidente da organização, a ATER Extrativista  representa uma resposta a um anseio antigo dos comunitários. “Todas as famílias buscam obter renda de alguma forma e nós sempre lutamos para melhorar a condição econômica das comunidades. Porém, uma das principais dificuldades enfrentadas era a falta de assistência técnica nas propriedades. Este programa vem preencher esta lacuna e a expectativa é que as coisas realmente melhorem para todos”, declara Leonidas.

A expectativa do presidente da TAPAJOARA também é compartilhada por outros moradores da Resex. Seu Laurimar Lopes, 51 anos, morador da Comunidade Carão, é um dos que serão beneficiados com a assistência e não consegue esconder a empolgação. A família dele planta mandioca, mas conhece o potencial existente nas atividades extrativistas. “Por muito tempo a gente esperava essa assistência técnica. Eu acredito que agora vai ter uma melhora, pois estamos nos mobilizando pra ter melhores condições de vida no nosso manejo”, declara Laurimar. Leia o resto desse post »

Criação de Conselho Tutelar contempla região de Rios

7 de janeiro de 2014 por Adriane Gama

criancas_ribeirinhasNo dia 23 de dezembro, na Prefeitura Municipal de Santarém, foi sancionado a criação do III Conselho Tutelar (CT) com abragência prioritária em 3 regiões na zona rural do município: rios Tapajós e Arapiuns e Eixo Forte, áreas consideradas com mais difícil acesso a cidade e de políticas públicas, concentrando reforço pontual de proteção às crianças e adolescentes nessas comunidades. O novo conselho será sediado na Vila balneária de Alter do Chão, pela questão local da vulnerabilidade social.

Segundo o prefeito Alexandre Von, a consolidação de um conselho para estas regiões aconteceu devido, neste ano, ser criado um CRAS ribeirinho com uma caravana que levará serviços prestados de assistência social, educação e saúde para as comunidades ribeirinhas, desde a aquisição do cartão SUS, passe livre para idosos até as ações do Conselho Tutelar. No primeiro bimestre de 2014, inclusive, os membros do III Conselho Tutelar estarão atuando dentro e fora da área prioritária de trabalho.

É importante ressaltar que de acordo com a resolução 139 da Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), para cada 100 mil habitantes deve ser instituído um Conselho Tutelar. Além de assegurar esta demanda da lei, a efetivação do III Conselho representa um acontecimento inédito, pois será o primeiro fora da área urbana nesta região. O Comdca (Conselho Municipal dos Direitos das Criança e dos Adolescentes) irá acompanhar e fiscalizar o Conselho Tutelar III, assim como acontece com os conselhos existentes em áreas distintas na cidade.

Leia o resto desse post »

IV Encontro dos Jovens Empreendedores do Tapajós

28 de novembro de 2013 por Adriane Gama

jovem_mapa

Começou no auditório do Projeto Saúde e Alegria, o IV Encontro dos Jovens Empreendedores do Tapajós, com o apoio da Telefônica/Vivo, seguindo até dia 30 de novembro. A oficina da vez é sobre Desenvolvimento do Plano de Negócio facilitado pelo consultor de empreendedorismo e negócios, Gustavo Torres Fonseca.

Conteúdos como competências e habilidades de um empreendedor, ferramentas e métodos de planos e simulações de ambientes de negócios são pontos principais desse evento. No início da manhã, o coordenador de inclusão digital do PSA, Paulo Lima abriu o encontro com informes e agendamento para os últimos encontros do curso.

Na ocasião, Lu Scuarcialupi, coordenadora do projeto Conexão Amazônia – Telefônica/Vivo também participa dessa oficina, dialogando com 22 jovens moradores da área urbana da cidade e das comunidades ribeirinhas.

O objetivo da oficina é preparar estrategicamente os planos de negócio dos jovens e por conseguinte, orientá-los na avaliação de pitch (uma apresentação de 3 a 5 minutos com objetivo de despertar o interesse de um investidor ou cliente pelo negócio), utilizando recursos presentes, através de exercícios e práticas de apresentação dos empreendimentos.

Bazar Design da Mata oferece artesanato da Amazônia e Mata Atlântica

27 de novembro de 2013 por Fabio Pena

desing da mapaA terceira edição do Bazar Design da Mata evento que inicia hoje em São Paulo, apresenta produtos sustentáveis produzidos por comunidades tradicionais do país: os quilombolas, indígenas, ribeirinhos e caiçaras. As peças são produzidas com palha da palmeira tucumã, fibra da cana arumã, fibra de bananeira e outros materiais extraídos da natureza que imprimem as cores, texturas e cultura dos grupos genuinamente brasileiros. Produtos de grupos apoiados pelo  Projeto Saúde e Alegria nas comunidades do rio Arapiuns estarão lá representados.

Todas as peças são artesanais e exclusivas, dentre elas haverá móveis feitos por índios tukanos do Amazonas, jogos americanos produzidos com palha de bananeira trançada por quilombolas do Vale do rio Ribeira de Iguape, sousplats de palha da palmeira tucumã feitos por artesãos que vivem às margens do Rio Arapiuns, no Pará, cestos de fibra da cana arumã trançados por índios baniwa, além de brinquedos e roupas. Os produtos vão custar de R$ 10 a R$ 500.

O valor arrecadado é revertido para os cem artesãos que enviam suas peças, e também será usado para formar um caixa que vai financiar o evento do próximo ano.

Nos dias do bazar, o público também poderá participar de degustações, palestras, oficinas sobre as comunidades produtoras, assistir a vídeos de ecoturismo, e formar parte de bate-papos com os artesãos e vivências culturais.

O evento é promovido pelo Núcleo Oikos, uma associação sem fins lucrativos, criada por iniciativa de um grupo de jovens de São Paulo que visa promover o desenvolvimento da arte e cultura regional que valorizam a comunidade e o meio ambiente.

O que

Bazar Desing da Mata

Quando: Qua 27/11 das 17:00 às 21:00

diariamente de 28 (Qui) a 30/11 (Sáb) das 12:00 às 21:00

Onde: Loja Tidello

Av. Pedroso de Moraes, 1684
Vila Madalena – Oeste
São Paulo
Fonte: Catraca Livre

XIII Teia Cabocla: Desenvolvimento Territorial e Desafios da Juventude

27 de novembro de 2013 por Adriane Gama

13 teia cabocla Beta 1.0

Salve colaboradores digitais, repórteres comunitários e lideranças juvenis das comunidades ribeirinhas! Está chegando a hora do grande encontro anual da Rede Mocoronga de Comunicação Popular, a XIII Teia Cabocla. Com o tema “Desenvolvimento Territorial e Desafios da Juventude”, o evento acontecerá nos dias 5, 6, 7 de dezembro, na Chácara Roberto Magalhães, na BR-163, km 7, no bairro Cambuquira.

A Teia Cabocla, neste ano, irá discutir sobre os principais desafios e oportunidades para a vida dos jovens nas regiões Resex Tapajós-Arapiuns, Flona Tapajós e Assentamentos. Assuntos como trabalho e renda, educação, acesso à informação, direitos infanto-juvenis, participação comunitária, meio ambiente e políticas públicas, serão debatidos por um público de aproximadamente 100 jovens comunicadores, representantes das Rádios, Telecentros, Jornais e Blogs das comunidades, do Programa Floresta Ativa e do Pólo 3G.

A programação desta Teia Cabocla terá múltiplas ações colaborativas como: dinâmicas, trabalhos em grupos, participação das lideranças da Tapajoara, debate sobre ativismo, oficinas criativas, Circo Mocorongo e o festival de vídeos Mocoroscar. A cobertura completa do evento será realizada pelos próprios repórteres comunitários através das diversas mídias da Rede Mocoronga, como TV, blog e rádio com transmissão FM.

Seguindo a metodologia do encontro, cada participante trará algum objeto, artesanato ou publicação que retrate o perfil da juventude da sua comunidade, compartilhando assim, o passado, o presente e os desejos para o futuro. Esses materiais serão usados na apresentação das comunidades durante o evento.

Fique ligado, você jovem comunitário que participará da XIII Teia Cabocla, nas dicas importantes deste encontro:

  • Lembre-se de trazer seus documentos pessoais (RG e CPF) e solicitar ao comandante, antes de sair da embarcação, os comprovantes das passagens de ida e volta para o reembolso de passagens.

  • No dia 05 (quinta) às 11 horas da manhã, haverá dois ônibus fretados para transportar os participantes. Para os jovens do Rio Tapajós o ônibus sairá da Praça São Raimundo Nonato e para os do Arapiuns, o ônibus sairá do Mercadão 2000. Na volta, dia 8 de dezembro, os ônibus retornarão com os participantes para os mesmos locais.

  • Para as comunidades que tem Telecentro ou integram o Pólo 3G, é importante trazer um notebook para registrar as atividades do encontro e replicá-las nas suas comunidades. (Faça a reunião o oficialize a vinda desse equipamento e responsabilize-se por ele)

  • Fique atento às informações do programa Rede Mocoronga, na Rádio Rural, neste sábado, das 10 às 11h e no domingo, das 4 às 5h da manhã.

  • Para maiores esclarecimentos ou dúvidas, entre em contato com: Elis Lucien (9158-7800), Adriane Gama (3067-8023) ou PSA (3067-8024)

Então, juventude ribeirinha! Aproveite esse tempo, faça uma reunião em sua comunidade e venha balançar essa Rede!!!

Circo Mocorongo participa da Semana do Bebê

22 de novembro de 2013 por Adriane Gama

apresentação

Respeitável público! Tá na hora da alegria com o Circo Mocorongo!” A participação social do Projeto Saúde e Alegria aconteceu no último dia da Semana do Bebê, com uma especial apresentação do Circo Mocorongo, às 10h da manhã, no Parque da Cidade, paralela às atividades socioeducativas e de saúde voltada paras as mamães e bebês de Santarém.

A finalidade do circo foi trabalhar com informações e orientações sobre os temas: planejamento familiar e aleitamento materno, brincando através do lúdico, entre brincadeiras, esquetes, músicas educativas e exibição do vídeo “Recado da Lili”, produzido pelos jovens ribeirinhos da comunidade de Suruacá, da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns.

Neste palco circense, foi estrelada pela trupe de arte-educadores do PSA: Magnólio de Oliveira, Elis Lucien, Adriane Gama, Ândrea Colares, Gabriel Abreu e Juscelino Filho, e contou com a participação ilustre dos artistas populares Marisa Correa, Pimenta e Ellen Acioli. O público presente convidado para este show, foram os alunos da escola municipal Ubado Correa, os quais interagiram com muita animação e atenção sobre os cuidados com esta nova geração.

A Semana do Bebê em Santarém finaliza hoje à noite, com uma apresentação cultural com os artistas locais, na orla da cidade. Mas a ideia coletiva continua! Vamos todos juntos fortalecer a proteção e direitos da primeira infância na nossa região!

Mostra Comunitária paralela no Festival de Vídeo

21 de novembro de 2013 por Adriane Gama

mostra_paralela

Foi realizado na noite de 18 de novembro, na Praça do Mirante (centro), um especial encontro cineclubista amazônico através da Mostra Paralela de Vídeos Urbanos e Rurais do Tapajós, realizado pelo Projeto Saúde e Alegria e Coletivo Puraqué, no I Festival de Vídeo da Faculdade Integrada do Tapajós (FIT).

Foram apresentadas 16 curtas produzidas coletivamente por crianças, jovens e lideranças das comunidades ribeirinhas e bairros periféricos da cidade com enfoque voltado para as questões socioambientais e sociodigitais retratando de forma lúdica, a realidade da região. Logo após a exibição dos filmes houve uma conversa livre com os realizadores e com o público presente, conduzido pelos facilitadores Magnólio Sposito e Adriane Gama.

O Festival de Vídeo FIT segue até o dia 22 de novembro com a grande noite de entrega dos prêmios aos vencendores. O evento propõe incentivar e mobilizar estudantes e mercado, consumidores e cidadãos para a produção e compartilhamento de pequenos vídeos.

Bebês ganham semana especial em Santarém

18 de novembro de 2013 por Adriane Gama

semana_bebe

Com um show cultural infantil na orla da cidade, começou neste domingo, 17 de novembro, a Semana do Bebê, que tem por tema “O bebê e o mundo que o cerca”. A partir da manhã desta segunda, dia 18, as atividades sociais paralelas deste evento se concentram no Parque Municipal de Santarém, seguindo até o dia 22.

Baseado na cartilha “Como realizar a semana do bebê em seu município”, construído pela UNICEF, criou-se uma comissão organizadora com intuito de realizar a Semana do Bebê na cidade. Santarém aderiu a essa grande festa colaborativa, seguindo o exemplo da cidade piloto, Canela – RS, a qual originou este evento.

A Semana do Bebê é promovida pelo Governo do Estado e UNICEF, em parceria com a Prefeitura de Santarém, Secretarias Municipais de Saúde, Educação e Assistência Social, universidades locais, Projeto Saúde e Alegria, Secretaria Estadual de Saúde do Pará e Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

O objetivo desta semana é realizar ações sociais e comunitárias sobre a importância de se investir na primeira infância, mobilizando toda sociedade a apoiar as gestantes, promover o vínculo mãe-bebê, aumentar a cobertura do Programa de Saúde Familiar, incentivar o aleitamento materno exclusivo até o 6 meses, garantir acesso ao pré-natal, reduzir gravidez na adolescência e morte materna-infantil.

No Parque da Cidade haverá atendimentos especializados de saúde, como palestras, vacinação, consultas de ginecologista, nutricionista, exames de preventivo, teste do pezinho e da orelhinha, e de serviços de utilidade pública, como emissão de RG e de carteira de trabalho, além da entrega de kits de enxoval para gestantes, corte de cabelo e brinquedoteca. Durante toda a semana, haverá também atendimento nas unidades básicas de saúde e educação em saúde nas escolas.

O Projeto Saúde e Alegria foi convidado, como parceiro social, para participar da Semana do Bebê, com uma especial apresentação do Circo Mocorongo, no dia 22 de novembro (sexta-feira), às 10h, no parque.

 Convidamos todos a prestigiarem nosso espetáculo e a participar desta campanha colaborativa de proteção às nossas crianças. Contamos com vocês!!

Dica ECA: No Brasil, apesar de termos uma Lei que assegura os direitos das crianças e do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), considerado um dos documentos mais avançados do mundo na efetivação da proteção integral infanto-juvenil, a realidade ainda não reflete essa consciência sobre esses direitos. Ao investir na primeira infância, tarefa em conjunto assumida pelo Estado e sociedade, assegura-se às crianças o direito à proteção, à saúde e à educação de qualidade, promovendo a redução de desigualdades.

Jovens Empreendedores Participam de Curso de Comunicação Escrita

18 de outubro de 2013 por Adriane Gama

 

O Projeto Conoficina_portuguesexão Amazônia em parceria com a Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA, realiza a partir de hoje pela manhã, o curso de Comunicação Escrita Eficaz: Sistematização da Expressão do Pensamento, facilitada pelo professor Roberto Paiva1 para os jovens empreendedores do Tapajós, no auditório do Projeto Saúde e Alegria.

A finalidade deste curso é incentivar os participantes a desenvolver habilidade na leitura, escrita e produção de textos, contribuindo com as ideias de cada empreendedor social, na elaboração de seus projetos, planos de negócio e currículo. Este curso terá a duração de 40h e acontecerá somente pela manhã, de 8 às 12h, de 18 a 29 de outubro.

Leia o resto desse post »