PSA promove oficina de educação em saúde para Agentes Comunitários das regiões dos rios Tapajós e Arapiuns

18 de março de 2019 por Samela Bonfim

Ação marca retomada do trabalho do Saúde e Alegria em educação de saude junto ao barco hospital abaré nas comunidades atendidas

Na sede do PSA a abertura da capacitação foi de descontração entre os profissionais de saúde das regiões ribeirinhas da Amazônia. Durante todo o dia os ACS refletiram sobre a forma como atuam nas comunidades e o que é preciso para melhorar o atendimento à mulher – tema específico do encontro.

Jadson Caetano Azulay, agente da comunidade Jauarituba, região do Tapajós destacou a importância da atualização: “a gente precisa renovar o conhecimento. Eu acredito que a partir do momento que a gente começa a interagir também com os colegas de outras comunidades, isso trás uma sensação de que realmente precisamos conhecer de fato aquilo que a gente precisa trabalhar na nossa comunidade” – explica.

Mariane Ferreira agente em Urucureá na região do Rio Arapiuns há cinco anos reforçou a alegria em poder receber a capacitação para disseminar entre as pacientes da região: “É importante a saúde da mulher. Na nossa comunidade há essa preocupação porque tem muitas mulheres que precisam ser informadas principalmente sobre gravidez porque tem mulheres que tem muitas crianças e é uma preocupação grande” – afirma.

Os ACS atendem nas comunidades do Tapajós: Capixauã, Nuquini, Parauá, Jauarituba, Vila de Boim, Nova Vista, Samaúma, Surucuá, Pedra Branca, Aldeia Solimões, aldeia Muratuba, Maripá, Vila Amorim, São Tomé, Aldeia Santo Amaro e região do Arapiuns: São Miguel, Alto Mentai, Mentae, Cachoeira do Aruã, Prainha do Maró, Vila Gorete, Coroca, Vila Brasil, Lago Central, São Miguel, São Pedro, Tucumã, Cuipiranga, Atodí, Atrocal, Urucureá, Aldeia do Aminã, Curí.

Marcela Pinheiro enfermeira responsável pela educação em saúde ribeinha pelo PSA esclareceu que a proposta é trabalhar com módulos mensais com temas peculiares da região: “A gente tem uma diversidade assuntos: planejamento familiar, pré-natal, prevenção do câncer do colo do útero… Educação permanente é trabalhar os temas trabalhados de uma forma diferente com atualização” – finaliza.

No próximo mês os profissionais participarão da oficina sobre Saúde da criança. Segundo o médico e fundador do PSA, Eugenio Scannavino a capacitação representa um importante passo para a implementação dos atendimentos do barco hospital Abaré:
“A cada mês a gente treina os agentes de saúde e depois que o Abaré estiver nas comunidades, eles vão realizar as oficinas de educação comunitárias com as comunidades e com os grupos jovens, usando rádio, jornal, cartaz e circo, para fazer educação em prevenção. Nós estamos agora apoiando com ações complementares ao Abaré que está com o calendário anual, então nós encaixamos essas atividades de treinamentos, capacitações e educação comunitária no calendário dele”.

Deixe um comentário

*