Telecentros.BR distribuirá 18 mil bolsas para monitores

24 de junho de 2010 por



O Governo Federal vai conceder 18 mil bolsas para a capacitação de monitores de centros públicos de acesso à internet das 63 propostas selecionados pelo Programa Nacional de Apoio à Inclusão Digital nas Comunidades – Telecentros.BR.  A maior parte do benefício – 10 mil bolsas – será concedida ainda em 2010. A informação foi repassada pela coordenadora executiva do programa no Ministério do Planejamento, Cristina Mori, aos participantes da 9ª Oficina para Inclusão Digital, hoje cedo, em Brasília.

São dois tipos de bolsas, uma de R$ 483,01 e outra de R$ 241,50. Cada bolsista terá que cumprir 30 horas semanais, sendo que duas horas diárias serão dedicadas ao curso de formação com duração de 12 meses e 480 horas. Os bolsistas selecionados não podem ter parentesco com os coordenadores dos telecentros.

As bolsas serão concedidas pelo Ministério da Ciência e Tecnologia via Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Já a seleção dos candidatos será feita pela coordenação de cada projeto, com jovens com idade entre 16 e 29 anos, preferencialmente da comunidade do telecentro.

“Queremos que o processo de seleção dos bolsistas seja o mais transparente possível, respeitando os princípios de moralidade e impessoalidade. O ideal é que o período de seleção fique disponível para os candidatos por 30 dias. Essas e outras orientações serão colocadas no site do programa”, ressaltou a coordenadora. Cristina Mori também informou aos participantes do evento que as bolsas não podem ser usadas para cobrir os custos operacionais dos telecentros, como contas de luz e água. “A bolsa é para o bolsista”.

Deixe um comentário

*