De tudo um pouco: Comunidade de São Pedro

1 de junho de 2011 por Paulo Lima

Jovens moradores da Comunidade de São Pedro, Rio Arapiuns, no município de Santarém (PA), fazem com câmeras de telefones celulares uma apresentação das belezas, da história e da vida cotidiana do seu lugar.  O vídeo com algumas imagens filmadas do alto de uma torre de telefonia fixa de 60 metros é narrado parcialmente de lá.  A distância, ao alto, faz com que o olhar dos jovens nos mostre a beleza e a generosidade da natureza no Rio Arapiuns.

São Pedro é uma comunidade grande para os padrões da nossa região, com cerca de 135 famílias. É uma comunidade que reúne Escola e Posto de Saúde que atende outras comunidades próximas.  Lá também tem uma Rádio Comunitária que transmite as informações de interesse da localidade por alto falantes afixados em postes.  Outro destaque é o Telecentro Comunitário. Apesar de ainda não estar conectado à Internet  já nos mostra o quanto é útil para a comunidade. O vídeo, que foi inteiramente produzido, editado e finalizado pelos jovens, foi trabalhado com os equipamentos e pela turma que participa das atividades do Telecentro.

São Pedro foi destaque na imprensa nacional em outubro de 2010 quando, nas suas praias, movimentos sociais e comunitários, unidos no Movimento em Defesa da Vida e da Cultura do Rio Arapiuns, se reuniram para pressionar pela preservação da Floresta.

Conheça um pouco do que é viver na Amazônia com esse vídeo da juventude de São Pedro.

O Projeto Saúde & Alegria conta com o apoio da Vivo e do Instituto Vivo para realizar essa iniciativa.

Boas notícias para os Telecentros da Rede Mocoronga

22 de maio de 2011 por Paulo Lima

Os Telecentros Culturais de Rede Mocoronga conquistaram um grande avanço neste primeiro semestre de 2011.  Apresentados numa seleção pública do Edital do Banco Itaú, programa Ecomudança, receberam o reconhecimento de sua importância comunitária e, nos próximos meses, terão renovados seus estoques de baterias estacionárias.  Sete dos doze telecentros da Rede Mocoronga serão beneficiados, são eles Suruacá, Muratuba, Urucureá, Nuquini, Vila de Boim e São Pedro no município de Santarém e Prainha, no município de Belterra.  Esses Telecentros receberão uma revisão técnica da instalação elétrica, 12 baterias estacionárias de 200 ampéres e capacitação para a gestão do sistema de geração de energia limpa.

Os recursos do Programa Ecomudança serão utilizados para recuperar os sistemas fotovoltaicos de sete telecentros nas comunidades dos rios Tapajós e Arapiuns comprando e instalando novas baterias. Cada telecentro tem um sistema fotovoltaico com placas solares, controladores de carga e inversores, mas as baterias estão vencidas e já não armazenam energia. Por isto as comunidades estão usando os geradores à gasolina, combustível que chega a atingir o preço de R$ 5,00 por litro em comunidades da região. Entre os benefícios deste projeto estão: a manutenção de um projeto de comunicação e inclusão social com tecnologias limpas e a redução das emissões de gases de efeito estufa pela substituição do uso de combustível fóssil.