Sai resultado preliminar do Edital de Chamada Pública de Tecnologias Sociais

15 de maio de 2018 por Paulo Lima

RESULTADO PRELIMINAR DO EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 01/2018

O Centro de Estudos Avançados de Promoção Social e Ambiental – CEAPS, inscrito no CNPJ sob o número 55.233.555/0001-75, com sede na Avenida Mendonça Furtado, 3979, Bairro Liberdade, Município de Santarém, Estado do Pará, doravante denominado CEAPS, tendo em vista o constante no processo administrativo n.º 71000.081610/2017-09 e no Termo de Colaboração nº 044/2017-SESAN, torna público o resultado preliminar do EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA para a seleção e contratação de entidades privadas sem fins lucrativos para a implementação de 567 tecnologias sociais, divididas em 8 lotes.

Veja o resultado aqui:

https://drive.google.com/file/d/1kFXOxzGoIITEt52sUI5SJa064zzfDhx7/view?usp=sharing

Toda documentação relativa está disponível no SICONV e aqui:

https://drive.google.com/drive/folders/1EaKcYet8Skq2JKKOJ_vbDKw1FvG3HkNL?usp=sharing

 

Comunidades da Floresta recebem Curso de Permacultura

29 de outubro de 2013 por Adriane Gama

curso_permaculturaComeça hoje, dia 29 de outubro e segue até o dia 6 de novembro, o Curso de Certificação em Desenho de Permacultura, de 72 horas, facilitado pelo agrônomo e ambientalista João Rockett, do Instituto de Permacultura e Ecovilas da Pampa (IPEP), em Bagé – RS, na sede do Projeto Saúde e Alegria. Trata-se de um encontro que abordará desde a filosofia e metodologia da permacultura, perpassando pelas áreas de biologia, engenharia florestal, agronomia e economia, fechando com a apresentação de projetos.

Este encontro contará com a presença de 25 participantes, sendo eles, representantes das comunidades ribeirinhas que fazem parte do programa Floresta Ativa na Reserva Extrativista: Solimões, Surucuá, Vila de Amorim e Jauarituba (Rio Tapajós) e Anã, São José I, São Pedro, Mentai e Prainha do Maró (Rio Arapiuns), além dos técnicos do Projeto Saúde e Alegria. A finalidade do curso é aprofundar e interagir os conhecimentos em permacultura com as práticas e vivências locais ribeirinhas. Neste evento, haverá ainda uma atividade prática de campo em uma comunidade.

A permacultura significa um sistema cuja raízes baseia-se em uma filosofia de abundância e generosidade que tem como ética, cuidar das pessoas e do planeta, estabelecer limites de consumo e repartir excedentes. Este termo foi criado nos anos de 1972, na Austrália, pelos ambientalistas Bill Mollisson e David Holgren, com a ideia de projetar espaços de uma agricultura permantente ou cultura humana em harmonia com a natureza, envolvendo plantas, animais, edificações e infra-estrutura (água, energia, comunicações), bem como relacionamentos que podem se criar entre eles.

joaobill

João Rockett e Bill Mollison

No Brasil, o processo inicial da permacultura aconteceu no formato de Institutos de Permacultura sediados em 4 biomas: ecossistemas do Cerrado, da Mata Atlântica, do Pantanal e da Amazônia, disseminados com intervenções que coletam tecnologias inovadoras com técnicas milenares, estimulando atividades cotidianas que não comprometam os recursos naturais que pertencem a gerações futuras. O IPEP, por exemplo, surgiu desde 2000, sendo considerado um centro referencial de sustentabilidade a partir do PAL (Permacultura América Latina).

Este curso de Permacultura está estabelecido de acordo com o programa oficial da Permacultura estabelecido por Bill Mollison e segue as normas do sistema de Reconhecimento de Qualificações Profissionais da Austrália. No final do encontro, todos os participantes receberão o certificado de conclusão de curso, assinado pelo instrutor credenciado Rockett.

Telecentro Cultural de Boim – conectando os boinenses ao mundo!

24 de agosto de 2011 por Maickson Bhoim

O Telecentro Cultural de Boim é um espaço de propagação da arte, cultura, educação e entretenimento. Desde 2008 atende os comunitários com cursos de informática básica,  biblioteca e serve como espaço para cinema e reuniões. Possui 04 notebooks e tem energia 24 horas, limpa, obtida do sol.

No mês de julho passado, após 03 anos de espera, o Telecentro Cultural de Boim recebeu conexão à internet, via satélite, através do Programa GESAC do Governo Federal.

A internet, ainda uma novidade para muitos está fazendo o maior sucesso entre os comunitários e o acesso ao telecentro triplicou no último mês. Muitos já criaram contas nas redes sociais, alunos e professores ampliaram suas fontes de pesquisa, pessoas puderam ter melhor acesso aos seus cursos de Ensino a Distância e conversas com parentes que moram em outras cidades e estados ficaram mais acessíveis.

O atendimento ao público é por conta de jovens monitores voluntários. Um deles é o jovem Joares Miranda que há três anos faz esse importante trabalho. A partir de setembro esse trabalho que é feito voluntariamente passará a ser feito por dois monitores bolsistas da comunidade que passarão por um processo seletivo e farão parte do programa TelecentrosBr.

“A internet está sendo muito importante na minha vida, facilitou a comunicação, inclusive foi através dela que passei a me comunicar com um irmão que não vejo há anos. É a comunicação mais livre que existe atualmente, que nos permite bater papo, enviar mensagens, vídeos que poderão ser acessados de qualquer lugar do mundo”, disse o jovem monitor Joares Miranda.

.

.

.

.

.

.

.

 

.