Encontros de arte-educação mobilizam crianças ribeirinhas

20 de fevereiro de 2014 por Adriane Gama

circo_cri_rola

Criança da roça que está com a razão, com direito à saúde e à educação…”

Ao ritmo contagiante do tema da sessão “As Aventuras do Teca e Zeca, do programa de rádio da Rede Mocoronga, vamos apresentar o balanço geral das primeiras atividades sócio-educativas do Projeto Saúde e Alegria realizadas nos meses de janeiro e fevereiro, em conjunto com as Oficinas de Apresentação do ATER (Assistência Técnica e Extensão Rural) – Incra.

Ao total, estas atividades foram realizadas em 9 comunidades-pólos do Lote 10 e 11(Parauá, Surucuá, Vila do Amorim, Cabeceira do Amorim, Suruacá, Ukena, Capixauã, Pedra Branca e Maripá), os quais estão sob responsabilidade do PSA. Com uma metodologia participativa e lúdica, aconteceram várias dinâmicas e jogos interativos e é claro, as apresentações a parte das crianças no Circo Mocoronga. Tudo de forma bem divertida para se conhecer melhor os direitos fundamentais das crianças e dos adolescentes.

E por falar nelas, tivemos a participação, nestes encontros, de quase 400 crianças ribeirinhas. Conseguimos mobilizar 40 educadores sociais, entre jovens e professores das comunidades, e além do apoio de parceiros da hora, como podemos destacar a arte educadora Marisa Correa, Júlio César (Parauá), Léo Celli – SP e Bruna Thainá, do Coletivo Puraqué.

Aproveitamos esse momento, para agradecer a todas as comunidades ribeirinhas participantes, pelo carinho e atenção com suas crianças e adolescentes. E convidar mais educadores comunitários, os famosos agentes multiplicadores do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), para fortalecer essa rede de proteção especial aos meninos e meninas ribeirinhas. Até os próximos encontros!

Encontro da Teia Cabocla encerra com a alegria do Circo Mocorongo

9 de dezembro de 2013 por Fábio Pena

circo

Após dois dias de intensos debates entre os 60 jovens que participaram o XIII Encontro da Teia Cabocla de Lideranças Juvenis, promovido pelo Projeto Saúde e Alegria, o evento teve seu encerramento com festa e muita alegria.

A qualidade e a seriedade dos debates sobre os desafios enfrentados hoje pelos jovens da floresta foi destacado como um dos principais pontos positivos deste encontro. Mas, como diz o educador Magnólio de Oliveira, um dos idealizadores da Teia Cabocla, “a alegria não tira nossa seriedade”.

E a alegria esteve presente em todos os momentos do evento, mas foi na noite de sábado, 07/12, que ela mais se destacou, com a apresentação do Circo Mocorongo de Saúde e Alegria. Os jovens foram desafiados a prepararem apresentações criativas traduzindo de forma bem-humorada os temas que foram discutidos.

Um jovem que precisa continuar os estudos, mas enfrenta o dilema de ficar ou ir para a cidade porque em sua comunidade não tem o ensino médio. Outro jovem que pensa em ficar na comunidade, mas não tem alterativas de se sustentar e ter uma renda melhor do que seus pais tiveram. Foram algumas das esquetes apresentadas de forma bastante divertidas, entremeadas pela participação dos palhaços da equipe do Saúde e Alegria.

Quando a última música do circo tocou, era hora de despedida, e aquela sensação de ter vivido um mês em três dias, veio à tona. Era hora de arrumar a bagagem para voltar às comunidades. E a bagagem é muito além do material, mas de responsabilidade comum de lutar para transformar os planos construídos em realidade. Bagagem de ter aumentado a qualidade social, a qualidade cultural e cidadã, de que o futuro somos nós que construímos agora. E a constatação objetiva de que apostar na energia criativa da juventude é a chave para a mudança da realidade.

XIII Teia Cabocla: Desenvolvimento Territorial e Desafios da Juventude

27 de novembro de 2013 por Adriane Gama

13 teia cabocla Beta 1.0

Salve colaboradores digitais, repórteres comunitários e lideranças juvenis das comunidades ribeirinhas! Está chegando a hora do grande encontro anual da Rede Mocoronga de Comunicação Popular, a XIII Teia Cabocla. Com o tema “Desenvolvimento Territorial e Desafios da Juventude”, o evento acontecerá nos dias 5, 6, 7 de dezembro, na Chácara Roberto Magalhães, na BR-163, km 7, no bairro Cambuquira.

A Teia Cabocla, neste ano, irá discutir sobre os principais desafios e oportunidades para a vida dos jovens nas regiões Resex Tapajós-Arapiuns, Flona Tapajós e Assentamentos. Assuntos como trabalho e renda, educação, acesso à informação, direitos infanto-juvenis, participação comunitária, meio ambiente e políticas públicas, serão debatidos por um público de aproximadamente 100 jovens comunicadores, representantes das Rádios, Telecentros, Jornais e Blogs das comunidades, do Programa Floresta Ativa e do Pólo 3G.

A programação desta Teia Cabocla terá múltiplas ações colaborativas como: dinâmicas, trabalhos em grupos, participação das lideranças da Tapajoara, debate sobre ativismo, oficinas criativas, Circo Mocorongo e o festival de vídeos Mocoroscar. A cobertura completa do evento será realizada pelos próprios repórteres comunitários através das diversas mídias da Rede Mocoronga, como TV, blog e rádio com transmissão FM.

Seguindo a metodologia do encontro, cada participante trará algum objeto, artesanato ou publicação que retrate o perfil da juventude da sua comunidade, compartilhando assim, o passado, o presente e os desejos para o futuro. Esses materiais serão usados na apresentação das comunidades durante o evento.

Fique ligado, você jovem comunitário que participará da XIII Teia Cabocla, nas dicas importantes deste encontro:

  • Lembre-se de trazer seus documentos pessoais (RG e CPF) e solicitar ao comandante, antes de sair da embarcação, os comprovantes das passagens de ida e volta para o reembolso de passagens.

  • No dia 05 (quinta) às 11 horas da manhã, haverá dois ônibus fretados para transportar os participantes. Para os jovens do Rio Tapajós o ônibus sairá da Praça São Raimundo Nonato e para os do Arapiuns, o ônibus sairá do Mercadão 2000. Na volta, dia 8 de dezembro, os ônibus retornarão com os participantes para os mesmos locais.

  • Para as comunidades que tem Telecentro ou integram o Pólo 3G, é importante trazer um notebook para registrar as atividades do encontro e replicá-las nas suas comunidades. (Faça a reunião o oficialize a vinda desse equipamento e responsabilize-se por ele)

  • Fique atento às informações do programa Rede Mocoronga, na Rádio Rural, neste sábado, das 10 às 11h e no domingo, das 4 às 5h da manhã.

  • Para maiores esclarecimentos ou dúvidas, entre em contato com: Elis Lucien (9158-7800), Adriane Gama (3067-8023) ou PSA (3067-8024)

Então, juventude ribeirinha! Aproveite esse tempo, faça uma reunião em sua comunidade e venha balançar essa Rede!!!

Circo Mocorongo participa da Semana do Bebê

22 de novembro de 2013 por Adriane Gama

apresentação

Respeitável público! Tá na hora da alegria com o Circo Mocorongo!” A participação social do Projeto Saúde e Alegria aconteceu no último dia da Semana do Bebê, com uma especial apresentação do Circo Mocorongo, às 10h da manhã, no Parque da Cidade, paralela às atividades socioeducativas e de saúde voltada paras as mamães e bebês de Santarém.

A finalidade do circo foi trabalhar com informações e orientações sobre os temas: planejamento familiar e aleitamento materno, brincando através do lúdico, entre brincadeiras, esquetes, músicas educativas e exibição do vídeo “Recado da Lili”, produzido pelos jovens ribeirinhos da comunidade de Suruacá, da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns.

Neste palco circense, foi estrelada pela trupe de arte-educadores do PSA: Magnólio de Oliveira, Elis Lucien, Adriane Gama, Ândrea Colares, Gabriel Abreu e Juscelino Filho, e contou com a participação ilustre dos artistas populares Marisa Correa, Pimenta e Ellen Acioli. O público presente convidado para este show, foram os alunos da escola municipal Ubado Correa, os quais interagiram com muita animação e atenção sobre os cuidados com esta nova geração.

A Semana do Bebê em Santarém finaliza hoje à noite, com uma apresentação cultural com os artistas locais, na orla da cidade. Mas a ideia coletiva continua! Vamos todos juntos fortalecer a proteção e direitos da primeira infância na nossa região!

Semana do Bebê em Santarém

9 de outubro de 2013 por Adriane Gama

mamando

É na primeira infância que o ser humano desenvolve suas capacidades cognitivas, motoras, socioafetivas e de linguagem. O investimento nesse período garante à criança, os direitos assegurados por meio de políticas públicas, tendo impacto decisivo nos processos de aprendizagem e de construção de relações sociais, fatores que influenciarão a vida afetiva, profissional e social.

A partir desse fato, uma ação social voltada para a importância da primeira infância, a Semana do Bebê, será realizada em Santarém entre 18 e 22 de novembro de 2013. A Semana tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até 6 anos, prioridade na agenda dos municípios brasileiros. Essa iniciativa é realizada anualmente há 14 anos em Canela (RS) e, em 2010, com o apoio do UNICEF, a experiência foi sistematizada e apresentada na publicação “Como realizar a Semana do Bebê em seu município”, com intuito de disseminar essa metodologia para outras regiões do país.

No pólo de Santarém, o evento conta com o apoio da Prefeitura, através das secretarias municipais de Saúde, Educação e Assistência Social, da Secretaria do Estado de Saúde do Pará (SESPA) e do Projeto Saúde e Alegria. Em encontro realizado no dia 8 de outubro, mediado pela vice-prefeita Maria José, foi montada uma prévia da programação das atividades, baseada nos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. A data marcada para a abertura da Seman, será nos dias 18 e 19 de novembro, no Parque Municipal, com várias ações sócio-educativas e de saúde, envolvendo principalmente, as mamães grávidas e crianças de 0 a 6 anos.

Redução da mortalidade e desnutrição infantil, incentivo ao aleitamento materno, ao pré-natal, a vacinação e ao registro de nascimento serão temas abordados na forma de palestras, oficinas, cursos, atividades artísticas e culturais, além de consultas médicas direcionadas para esse público. Durante toda a semana, as ações irão se estender aos espaços das instituições organizadoras, priorizando o acompanhamento e crescimento da primeira infância.

Como parceiro da Semana do Bebê, o Projeto Saúde e Alegria (PSA), com sua abordagem lúdica, realizará atividades de arte-educação e prevenção. Através da Rede Mocoronga de Comunicação, o PSA também promoverá, nos dias que antecedem ao evento, um concurso de conteúdos sobre os direitos das crianças, voltado para as comunidades ribeirinhas. Os produtos enviados pelas comunidades, como vinhetas de rádio, músicas, poesias, fotografias, radionovelas e vídeos serão apresentados durante a Semana.

Fiquem ligado nessa campanha colaborativa e vamos cuidar com carinho dessa nova geração!

Conselho Municipal de Meio Ambiente

6 de setembro de 2013 por Elis Lucien

Magnólio de Olliveira, sr. Prefeiro Alexandre Von, Maurício Santamaria-ICMbio, Tibério Allogio.

O meio Ambiente é o quintal de nossa casa, o planeta Terra. Com o aumento da população e consequentemente o uso de seus recursos naturais alavancando  uma série de problemas ambientais. Vários seguimentos da sociedade visando trabalhar para a sensibilização dessas situações, foi criado o Conselho Municipal de Meio Ambiente que segundo o CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente), este Conselho cria...“mecanismos para aumentar a consciência e promover a mudança de hábitos e de comportamentos. Cada vez mais a população, juntamente com o Poder Público, tem sido chamada a participar da gestão do meio ambiente”.

Visando um trabalho efetivo e sensibilizador temos em Santarém, Pará a posse dos novos Conselheiros na defesa do meio ambiente. Onde o Projeto Saúde e Alegria têm uma cadeira nas representações institucionais e dos segmentos da comunidade: com o sr. Tibério Alloggio  o titular e  o sr. Paulo Roberto Sposito de Oliveira, o “Magnólio” como seu suplente.

Segue a lista oficial:

Leia o resto desse post »

Campo do conhecimento

2 de agosto de 2013 por Elis Lucien

Desenho retirado do jornal Aminã Hoje, 5ª ed.

A escola São Jorge da Aldeia do Aminã continua em atividade. Os funcionarios da escola e do projeto Mais Educação estão sempre juntos para execução de trabalhos à exemplo o  Canteiro Sustentável que há pimentões amarelos, verdes e tomate todos já em ponto de colheita e serem apreciados na merenda escolar.

Enquanto que o campo do conhecimento e arte literatura os alunos estão animados. pois conseguem ver a natureza de perto através dos binóculos, microscópios e realizam várias atividades de acordo com os materiais propostos. Já no esporte e lazer o futsal e os alunos estão e vão com tudo. Brincam e ficam animados e assim participam de todas as modalidades.

Movimento social perde Luzia Fati

4 de março de 2013 por Fábio Pena

Faleceu nesta segunda-feira, dia 04, em Macapá, a sindicalista Luzia Fati, com 42 anos, após um ataque cardíaco. Os movimentos sociais do norte perdem uma grande liderança. Em 1995 Luzia foi a primeira mulher a presidir um dos maiores sindicatos de trabalhadores rurais do país, o STR de Santarém. Porém, um pouco antes, com apenas 18 anos de idade, Luzia já estava na luta dos trabalhadores rurais. Vinda da pequena comunidade de Guaraná, região do Curuá-Una, ocupou a Secretaria Geral da então diretoria eleita na presidência de Natanael Alvez de Sousa.

Luzia, apesar da pouca idade, convencia à todos, que nada vinha de graça para os trabalhadores e sim, que cada conquista, seria fruto de muita luta. Ela sempre dizia que a luta sem a participação da mulher ficaria pela metade e ela provou isso em 1995 quando foi eleita a primeira mulher presidente do STTR de Santarém”, comenta Carlos Dombroski, que também ocupou cargos de direção no sindicato ao lado de Luzia Fati. Foi com ela na diretoria que o sindicato ganhou mais uma letra T, e passou a ser mais do que dos Trabalhadores, e também das “Trabalhadoras”.

A CUT – Central Única dos Trabalhadores, divulgou nota em que diz: “Comprometida com a luta por uma sociedade justa, democrática e igualitária, buscando avançar nas questões socioambientais, Luzia cumpriu papel fundamental na formação e organização da classe trabalhadora na região Norte, estimulando com seu exemplo de abnegação e coragem os dirigentes sindicais nessa luta, reforçando o seu envolvimento e comprometimento. A ação na base deu resultado e redundou num forte crescimento do sindicalismo cutista, particularmente entre os trabalhadores rurais”.

História – Em 1989 foi da secretaria geral do STTR de Santarém. Em 1995 eleita a primeira mulher presidente do mesmo sindicato. Em seguida Luzia foi eleita para a Executiva Nacional da CUT no 6º CONCUT, realizado em 1997, representando o STTR De Santarém – PA. Foi reeleita para a Executiva Nacional no 7º CONCUT, realizado em 2000, e também no 8º CONCUT, em 2003.  Integrou a Comissão Nacional sobre a Mulher Trabalhadora da CUT e foi coordenadora da Comissão Nacional da Amazônia da CUT, criada no 8º CONCUT, em 2003. No campo da gestão pública participou do governo da ex-prefeita Maria do Carmo (2005-2012), ocupando o 1º escalão, quando esteve à frente do Isam (Instituto Sócio Ambiental).

Nas águas ou nas nuvens

11 de janeiro de 2013 por Elis Lucien

Comunicação na ponta nas nuvens!Epa!Essa expressão não tá soando um pouco estranho, não seria na ponta do lápis ou na ponta da língua. É isso mesmo, mas precisamente nas nuvens uma tecnologia de ponta utilizada à quatro anos no Brasil e que só agora chega com um nome could computing (computação em nuvens) decolando nas empresas. Que diz: “*a partir de qualquer computador e em qualquer lugar, pode-se ter acesso a informações, arquivos e programas num sistema único, independente de plataforma”.

Mas isso, nossas vós já diziam: “Esse menino parece que tá andando nas nuvens”, mal ela sabia que era um pensamento à frente de seu tempo. Hoje, “nossos meninos” vivem conectados nas redes sociais e um pouco “nas nuvens” também, num contexto de saber tudo e de todos ao mesmo tempo.

Olha já!!Nesses lados da Amazônia temos uma ramificação de uma tecnologia que funciona perfeitamente “In the waters of the amazon” (nas águas da Amazônia), através de uma ferramenta em grande abundancia: os barcos motores conhecidos como B/M. Fazendo a comunicação fluir sem nenhuma interferência brusca ou falha. Levando e trazendo nossos recados e todas as informações necessárias para o cotidiano amazônico. A could computing está chegando, mas irá fazer umas paradas.

Então, não despreze nosso meio de comunicação amazônico, os barcos.

Oficina de Pró-letramento

28 de novembro de 2012 por Graciano Cordovil Valente


Aconteceu na manhã de domingo.25 de novembro de 2012 o último encontro do curso de Formação Continuada de Professores das séries Iniciais do Ensino Fundamental – Pró-Letramento: Alfabetização e Linguagem ocorrido de março a novembro na Escola Municipal Santo Inácio de Loyola na Vila de Boim.  Teve a tutoria do professor Thiago Rodrigues, graduado em letras, participação deos cursistas e crianças de 1º ao 4º ano do ensino fundamental convidadas para brincar com os jogos educativos lúdicos confeccionados pelos cursistas. Foi diversão em dobro pra clientela presente onde todos queriam participar ativamente de todos os jogos e emoção para pais e professores que construiram esse mpmento de ludicidade na comunidade. A criatividade aflorou a partir de ideias colocadas pelo mediador do encontro que ao final ficou satisfeito com o resultado obtido e  enfatizou a necessidade dese trabalhar com  momentos como o acontecido em sala de aula diariamente buscando sempre o ensino aprendizagem melhor a cada dia de maneira proveitosa e interessante saindo da rotina do quadro,  giz, livro.