Obra municipal abandonada revolta moradores de Boim

3 de junho de 2015 por Anastácio Serique Cohen

Ampliação do logradouro público está abandonada há mais de um ano comprometendo a qualidade da prestação de serviços na área da saúde

IMG_20150524_120417721

Os moradores da vila de Boim e comunidades próximas esperam há mais de um ano a conclusão das obras de ampliação do Centro de Saúde da comunidade.

Orçada em cerca de 73 mil reais deveria ter sido concluída em maio de 2014. Sua inauguração, inicialmente, faria parte da programação de aniversário da cidade de Santarém que acontece no mês de junho. Devido ao atraso, outra data combinada para a entrega foi as Festividades de Santo Inácio de Loyola que acontece no fim do mês de julho. Um ano se passou e o Centro de Saúde continua fechado.

A empresa responsável, Contap Construtora Ltda. alegou que abandonou o serviço devido à falta de repasse de recursos por parte da prefeitura municipal.

Os serviços de saúde são ofertados na residência de um comunitário. O local, inapropriado para essa prática, compromete a atuação dos profissionais e também o acesso e atendimento aos cidadãos.

Além da vila de Boim, o Centro de Saúde atende as comunidades de Samaúma, Nova Vista, Nuquini, Tucumatuba, Rosário, Pau da Letra, São Tomé, Jaca e Paraná Pixuna. Conta com uma enfermeira, duas auxiliares em enfermagem, uma servente e um assistente administrativo.

Para Rosicléia Santos, moradora de Boim, “A prefeitura municipal de Santarém na figura da secretaria de Saúde ou até o mesmo o prefeito deve uma resposta urgente à comunidade e que os trabalhos devem ser concluídos e a obra entregue logo, pois, somos nós cidadãos que sofremos as consequências da falta de responsabilidade e péssima gestão municipal”.

IMG_20150524_120429275

 

Jovens ribeirinhos participam de oficina de Jornalismo Cidadão em Santarém

13 de março de 2015 por Adriane Gama

ofic_midiativismo

As oficinas de Jornalismo Cidadão e Tecnologias Livres para jovens e lideranças das comunidades ribeirinhas da Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns (Resex) e Floresta Nacional (Flona) têm como ojetivo fomar monitores para acompanhar a qualidade da água nestas localidades.

A primeira dessas oficinas foi realizada na Escola do Parque, no último dia 05, e faz parte de uma série que acontecerá em Santarém, na Resex e em Belterra. Realizada pela InfoAmazônia, em parceria com o Projeto Saúde e Alegria e Secretarias Municipais de Meio Ambiente, as oficinas visam implantar uma ação piloto de monitoramento da qualidade da água, prevista para acontecer em julho, e assim identificar pessoas que estejam interessadas em representar suas comunidades.

A oficina, mediada pelo jornalista Giovanny Veras e pelo pesquisador Ricardo Guimarães, ambos do InfoAmazônia, teve suas atividades divididas em duas partes.

Pela manhã, houveram diálogos sobre produções independentes de conteúdos jornalísticos. Midiativismo, tecnologias livres eofic_infoamazonia jornalismo cidadão foram temas convergentes para estimular a participação de cidadãos comuns, sem formação jornalística, do processo de coleta à veiculação das reportagens, produzindo assim, conteúdos em seus próprios blogs.

De acordo com Giovanny, o jornalismo digital pode ser uma das ferramentas que estimula e permite que moradores, jornalistas, pesquisadores, ongs e universidades possam gerar narrativas e compartilhar análises de dados. Assim, “cria-se mais conhecimento sobre os problemas e soluções na Amazônia”, ressalta o jornalista.

À tarde, o pesquisador Ricardo Guimarães apresentou a ideia central do projeto: aplicar um sistema de monitoramento da qualidade da água nas comunidades, onde cada sensor medirá oito parâmetros, como pH, temperatura e turbidez. Os jovens irão aprender a metodologia do trabalho desde a instalação dos kits das caixas módulos em reservatórios para medição, até como enviar dados e enfrentar desafios em casos de impossiblidades de conexão.

O técnico ainda ressalta que no final desse processo, um servidor da InfoAmazônia, após o recebimento desses dados em tempo real, irá conferi-los, gerando um índice sobre a característica da água. Caso algum sensor apontar uma situação potencial de contaminação, uma análise laboratorial será feita detalhadamente.

pratica_analise_aguaNa parte prática da oficina, a turma testou o parâmetro do pH de algumas amostras de água, utilizando o protótipo do sensor. No final do evento, os participantes receberam certificados e ficaram responsáveis de enviar notícias comunitárias para começar a alimentar as informações no site da InfoAmazônia e sites parceiros.

Para o participante Mauro Duarte, da comunidade de Maguari – Flona, esse projeto levanta a bandeira coletiva de luta pela mesma causa para chegar à uma mudança, e “através da conexão entre água e jornalismo, coloca os direitos e problemas relativos à qualidade da água, em evidência”.

A jovem Natalina Oliveira, da Vila de Boim, lembrou que “nós, da comunidade, temos medo de represália se fomos fazer denúncias, mas com esse projeto podemos ter mais segurança de repassar nossas noticias, corretas e verdadeiras, com uso de recursos de multimídia.”

*O projeto Rede InfoAmazonia é uma plataforma digital que agrega jornalismo e dados geográficos, produzindo mapas interativos e gráficos através de tecnologias livres com objetivo de difundir informações locais da Amazônia.

Fotos: Elis Lucien

Encontro ativo dos Jovens Empreendedores do Tapajós

26 de setembro de 2013 por Adriane Gama

jovens-mapaFoi realizado no dia 19 de setembro, no auditório do Projeto Saúde e Alegria, o terceiro encontro dos jovens empreendedores sociais do projeto Conexão Amazônia, com o apoio da Fundação Telefônica/ Vivo. Estavam presentes 22 participantes das comunidades rurais: Anã, Suruacá, Urucureá, Muratuba, Prainha, Curuai, Parauá, da vila de Alter do Chão e de Santarém.

O evento mediado pela equipe de educomunicação do PSA começou com uma dinâmica de grupo de apresentação, já que neste dia, houve a entrada de novos participantes no Puxirum Digital, uma inédita produtora colaborativa do projeto. Em seguida, houve a apresentação da programação e metas das atividades do dia, bem como um comprometimento coletivo através de um acordo de convivência durante os encontros. Leia o resto desse post »

Novo grupo gerador

12 de abril de 2013 por Graciano Cordovil Valente

              usina atual

futura usina

A Vila de Boim prepara-se para receber do Governo Estadual, novo grupo gerador que substituirá o atual. Já foi construída a nova usina nos padrões modernos que alojará o referido motor. Enquanto não chega, os coordenadores e consumidores seguem os trabalhos preparativos para que não se tenha problemas graves com postes de alta e baixa tensão, pois alguns antigos estão comprometidos devido ação do tempo, os mesmos estão desde a sua instalação. As redes elétricas não mais estão balanceadas, ocorrendo desperdício de energia por serem de fios finos e até possibilitam curto circuito em momentos de vento forte quando temos de desligar o gerador para não perdê-lo. Sonhamos com uma energia forte e contínua do programa do governo Federal “Luz para todos” que tornará mais barata do que estamos pagando atualmente. Temo no futuro, com o funcionamento deste novo grupo gerador, termos que desembolsar importância maior e ser o tempo atual de apenas 03 (três) horas a noite ou até mesmo menos. Tomara que não tenhamos grandes e potentes motores e não possamos usá-los devido alto consumo de combustível, pois hoje o energia da comunidade é mantida por mais ou menos sessenta usuários, não havendo ajuda do governo para baratear o custo e termos mais horas de funcionamento.

Oficina de Pró-letramento

28 de novembro de 2012 por Graciano Cordovil Valente


Aconteceu na manhã de domingo.25 de novembro de 2012 o último encontro do curso de Formação Continuada de Professores das séries Iniciais do Ensino Fundamental – Pró-Letramento: Alfabetização e Linguagem ocorrido de março a novembro na Escola Municipal Santo Inácio de Loyola na Vila de Boim.  Teve a tutoria do professor Thiago Rodrigues, graduado em letras, participação deos cursistas e crianças de 1º ao 4º ano do ensino fundamental convidadas para brincar com os jogos educativos lúdicos confeccionados pelos cursistas. Foi diversão em dobro pra clientela presente onde todos queriam participar ativamente de todos os jogos e emoção para pais e professores que construiram esse mpmento de ludicidade na comunidade. A criatividade aflorou a partir de ideias colocadas pelo mediador do encontro que ao final ficou satisfeito com o resultado obtido e  enfatizou a necessidade dese trabalhar com  momentos como o acontecido em sala de aula diariamente buscando sempre o ensino aprendizagem melhor a cada dia de maneira proveitosa e interessante saindo da rotina do quadro,  giz, livro.

 

Professores são capacitados para atuar no Projeto Territórios de Aprendizagem

1 de agosto de 2012 por Gabriel Abreu

O CEAPS/ Projeto Saúde e Alegria em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Santarem, com apoio da Fundação Carlos Chagas, estarão realizando nos dias 01 e 02 de agosto deste ano de 2012, na Escola do Parque, o 1o Encontro de formação dos professores do Projeto “Escolas e Comunidades da Floresta: Territórios de Aprendizagem”.
Trata-se de um projeto que começa a ser desenvolvido como uma experiência piloto em 05 escolas do campo no município de Santarém, 04 delas na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns e a Escola Irmã Dorothy, primeira escola do campo de tempo integral, buscando construir referências pedagógicas que melhorem a qualidade da educação do campo no contexto amazônico, diminuindo o distanciamento entre o ensino formal e a realidade sociocultural e ambiental dos alunos.  O Projeto atuará com base nos eixos de educação ambiental, identidade cultural e territorialidade, buscando incidir na melhoria do processo de ensino-aprendizagem.

Partindo da necessidade da educação do campo considerar o contexto socioambiental das comunidades, as lutas sociais em defesa da floresta e suas identidades culturais, o programa compreende a escola dentro do conceito de território – espaço marcado pelas características geográficas e pelas relações humanas – que ajude os sujeitos interpretarem sua realidade. No caso, propomos a valorização do papel da escola no território da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, que demanda processos educativos capazes que fortalecer o senso de territorialidade de sua população, especialmente das novas gerações, bem como valorizar suas dimensões ambientais, geográficas e suas lutas históricas, sua cultura e o conhecimento de seu povo sobre o lugar onde vive.
Serão construídos arranjos educativos em que escolas e comunidades se integrem no mapeamento participativo de seu território, na identificação e valorização dos conhecimentos sobre a cultura tradicional, a história local, o bom manejo dos recursos naturais. A partir da capacitação dos professores, esses conhecimentos serão utilizados em abordagens pedagógicas inovadoras, na produção de materiais didáticos regionalizados para o ensino-aprendizagem nas escolas, visando alcançar uma aprendizagem mais significativa, que se reflita na melhoria dos indicadores de sucesso escolar.

Texto: @fabinhopena

Um Gole de Consciência

11 de julho de 2012 por Bob Barbosa

A Vila de Boim, na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, produziu, a partir de reflexão sobre problemas causados pelo abuso de álcool, um vídeo celular fictício e com muita verdade.

A filmagem, assim como o processo pedagógico, rolou em três dias, durante a Caravana de Educomunicação do Projeto Saúde e Alegria.

Estimulada, orientada e provocada pela equipe da Caravana, a comunidade se mobilizou, juntou figurinos, distribuiu personagens, cedeu bicicletas, utensílios e casas, e criou uma narrativa cinematográfica com muito humor e lirismo.

Além da Oficina de Vídeo Celular, conduzida por Bob Barbosa e Betania Barbosa, a Caravana do Projeto Saúde e Alegria ainda contou com Jucelino Filho (Tinho) conduzindo Oficina de Capacitação de Rádio, e com Gabriel Abreu e Elis Lucien conduzindo Oficina de Informática Básica.

Nessas oficinas participaram comunitários e comunitárias de Pau da Letra, Rosário, Serraria, Samaúma, São Tomé, Tucumatuba e claro, da Vila de Boim – todas essas, comunidades das margens do Rio Tapajós.

Com apoio da Vivo / Fundação Telefônica, a Caravana de Educomunicação do Projeto Saúde e Alegria na Vila de Boim foi realizada entre 02 e 04 de julho.

Os adolescentes Ingrid Braz, Maurílio Ribeiro, Wanessa Batista e Zaine Jayne gravaram todas as cenas em duas câmeras celulares.

Na edição Joares Miranda e Maickson Boim, junto com Bob Barbosa, selecionaram e cortaram as cenas gravadas durante uma única manhã de sol quente.

No elenco estão Alessandro Farias, Carlos Júnior, Edson Carlos, Lucenildo “Patauí”, Maickson Boim, Oziane Serrão, Rosy Dayana e Sabrina Eliane.

Se eu soubesse que tu vinhas, de Chico Malta, com arranjos de Fábio Cavalcante, é a música tema do filme.

Agora assista esse filme e compartilhe!!!

Equipe da Liturgia da Palavra realiza Via Sacra encenada

9 de abril de 2012 por Maickson Bhoim

Resgatando uma tradição boinense realizada anualmente na sexta-feira santa, a equipe da Liturgia da Palavra da Igreja de Santo Inácio de Loyola realizou esse ano a Via Sacra encenada.

Janderson dos Santos, protagonista, encantou a comunidade boinense com seu talento artístico.

Via Sacra representa a o caminho da dor e do sofrimento de Jesus, no percurso de sua divina missão, quando de modo perfeito e heróico, demonstrou uma profunda obediência ao Pai eterno e seu infinito amor à humanidade. São 15 estações, que vai da condenação da morte à sua ressurreição.

A encenação percorreu as principais ruas da comunidade, e os jovens, maioria na equipe de Liturgia, mostraram talento e determinação.

 Os organizadores, agradecidos pelo público, já pensam no próximo ano, onde, segundo eles, o evento terá uma qualidade maior ainda, com figurino mais rico, tudo para retratar esse importante acontecimento que faz parte da vida de todos os cristãos.

.

.

Projeto Mais Educação chega ao interior de Santarém

24 de março de 2012 por Graciano Cordovil Valente

Em reunião nesta terça feira, 20 de março nas dependências da escola Santo Inácio, a Gestora da referida instituição informou aos membros do Conselho escolar e servidores da mesma que estava reunindo para saber se estávamos de acordo na inscrição da escola no programao local do governo federal “Mais Educação”.  A proposta foi aceitao por todos na esperança de cada vez mais absorver oportunidade para nossos queridos alunos possam desenvolver suas potencialidades  na escola, na comunidade e até mesmo em outros centros. Ficamos satisfeitos pois sabíamos da existência do programa mas que eram atendidos apenas a clientela urbana do município.

Boinense tapajoara completa 100 anos de idade

17 de novembro de 2011 por Cleia Rodrigues

Boim alegra-se em comemorar o primeiro centenário de sua moradora mais idosa a senhora  MARTINHA ISABEL BATISTA.

Dona Martinha, como é comumente conhecida, nasceu na Vila Franca, rio arapiuns, aos dias 12 de novembro de 1911. Casou-se aos 18 anos de idade, com Antônio Régis Batista, onde teve seus 13 filhos. Em 1933 ela passou a morar na Colônia Mentai- tapajós, onde pôde construir  sua familia.

Nos anos 70, passou a residir efetivamente na Vila de Boim onde permanece até os dias de hoje.

Martinha Isabel, ao longo de sua vida herdou de seus 13 filhos uma gigantesca família, com: 06 noras, 06 genros, 100 netos, 186 bisnetos e 87 tataranetos. Hoje, viúva desde  23 de abril de 1973, ja bem cansada, luta para viver mais alguns anos. Seus familiares, amigos, admiradores e curiosos comemorarão essa passagem histórica no dia 26 de novembro com muita churrascada e a presença de toda a familia reunidada.

” reunir a família toda é sempre um desafio e uma benção a ser alcançada. ” relatou Ruth Batista, uma de suas netas.

Todos os boinenses participarão desse momento único e especial!