Show e muitas premiações no encerramento da Feira Cultura Digital

10 de abril de 2010 por Juliane Oliveira

Muita festa na 3ª Noite Cultural da Feira Cultura Digital dos Bairros com a presença de músicos de Pernambuco, Altamira e talentos locais revelados no Show de Calouros e Festival de música realizados durante o evento. A noite também foi de premiações e entrega do computador sorteado entre os participantes da feira que apoiaram a moeda social e trouxeram garrafas pets para serem trocadas por Muiraquitãs.

Quem abriu a noite cultural foi o trio Quinho Caetes, Daniel Luis e Ronaldo Eli tocando o ritmo pernambucano Coco de umbigada com muito maracá e percussão, não deixando ninguém parado. Em seguida o grupo de teatro amador da Casa Brasil apresentou a peça ‘Deu a louca nos contos de fadas’ mostrando que toda história tem que ter um final feliz.

O evento ainda revelou mais talentos locais. Foi o casodo grupo de dança Flamenca e do desfile de moda produzido por moradores da grande area do Santarenzinho. E por falar em talentos. A noite ainda foi de grandes revelações.

Premiações

Quem saiu sorrindo da feira foram os vencedores do Show de Calouros e Festival de Música Milena Mota de Freitas de apenas 9 anos que conquistou nota máxima com os jurados no Show de Calouros e o Hugo Erlon que venceu o festival de música. Os dois, juntamente os outros candidatos que ficaram em 2º e 3º lugar vão gravar um CD. São eles

Festival de Musica
1º Lugar: Hugo Erlon (62 pontos)
2º Lugar: Hiller dos Santos (61 pontos)
3º Lugar: Anderson André de Souza (57 pontos)

Show de Calouros
1º Lugar: Milena de Freitass (30 pontos)
2º Lugar: Klebar Pagel (28 pontos)
3º Lugar: Rafaela de Souza (27 pontos)

Pela pontuação é possivel saber que não foi fácil para os jurados. A disputa pelo 1º lugar foi acirrada. O que mostra que temos muitos talentos guardados nos nossos bairros e que só precisam de uma forcinha para despertarem.

Sorteio do computador

Wallace Rabelo não cantou, mas saiu da feira com um super-prêmio. A mãe dele, Maria Lucivânia, ganhou o computador que foi doado pela Otica Xingú e que foi sorteado entre as pessoas que trocaram garrafas pets por moedas sociais durant a feira. A Otica Xingu é apoiadora da Feira e foi a 1ª empresa a acolher o uso da moeda social como forma de pagamento.

O Muiraquitã, representação maior da cultura tapajônica representa na moeda social lançada durante a Feira Cultura Digital dos Bairros, é a oportunidade para o fortalecimento da economia solidaria entre comunidades e entidades sociais. Maria Lucivânia (Rifa 2931) acreditou na moeda e trocou 70 garrafas pets e garantiu um computador e ainda o engrandecimento dessa inciativa.  Saiba mais sobre a moeda Muiraquitã.

Papo-Show

Subiu ao palco para finalizar a 3ª Noite Cultural e a I Feira Cultura Digital dos Bairros o grupo Companhia Papo-Show de Altamira (PA). Muito mais que diversão, a banda que mistura teatro e questões sociais levantou, com a letra de suas músicas, um convite para refletirmos sobre meio ambiente, cidadania, direitos e fortalecimento social.

Quase duas mil pessoas estiveram presentes na 3ª Noite Cultural, o que refletiu o sucesso da iniciativa, tanto da moeda social, como a de juntar em um único espaço artistas locais, economia-solidária, cultura digital e uma diversidade social e cultural de atividades através da presença de pontos de cultura e ativistas digitais de diversos estados do Brasil, como Pernambuco, Roraima, Amazonas e das cidades de Altamira, Rondon do Pará, Belém e Belterra (Pará). Além da presença dos moradores da grande área do Santarenzinho e vindos de outros bairros de Santarém.

Deixe um comentário