Direitos da criança e do adolescente são temas de contação de história

25 de junho de 2015 por Lilian Campelo

“Em uma comunidade distante havia uma família composta por seu Francisco, que tinha um filho chamado Joãozinho, esse menino nem chegava perto dos legumes que sua mãe comprava…muito menos das verduras. A mãe de Joãozinho ficava muito triste ao vê seu filho tão magrinho.”

historia

clique na imagem e leia toda a história

A história que acabamos de ler foi criada pela adolescente de 12 anos, Anaiane Farias da comunidade de Pedra Branca durante a oficina ‘Competências para a vida’, atividade que faz parte do projeto Educação Popular pelos Direitos das Crianças e Jovens da Amazônia, que tem apoio da Fundação Mapfre e patrocinio da Petrobras.

Para tratar sobre educação, esporte, cultura, alimentação, lazer, liberdade dentre outros direitos que são garantidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Saúde & Alegria vem promovendo encontros utilizando o lúdico para ensinar e informar sobre os direitos que elas possuem e que devem ser garantidos pela família, comunidade e sociedade em geral.

Os encontros já foram realizados em Pedra Branca, Cabeceira e Vila do Amorim, Parauá e Surucuá. No sábado, dia 20, foi a vez das crianças de Suruacá. Ao final das oficinas, as histórias criadas pelas crianças irão virar dois produtos: um livreto e um CD de histórias contadas por elas sobre as narrativas que permeiam sua realidade.

E para despertar o imaginário infantil sobre os temas que são abordados, uma equipe de arte-educadores utilizam como metodologia a cotação de história, esquetes e brincadeiras. O resultado é o que podemos ouvir agora com outra história que gravamos.

 

Deixe um comentário

*