Cortejo inaugura V Fórum Social Pan-Amazônico

26 de novembro de 2010 por Fábio Pena

O dia 25 de novembro marcou os santarenos com a abertura do Fórum Social Pan-Amazônico que vai até o dia 29 com uma vasta programação reunindo representantes de povos da amazônia brasileira e da Bolívia, Colômbia, Venezuela, Suriname, Equador, Perú, Guiana, além da Guiana Francesa, que clamam pela defesa da floresta e consequentemente pela vida de seus habitantes e por mais justiça social.

Um animado cortejo saiu da concentração no Parque da Cidade, por volta das 16:30 h após um show de músicos regionais com o tradicional ritmo paraense, o carimbó, conduzido pelo movimento Roda de Carimbó de Alter do Chão.
Um ritual indígena organizado pelos índios Wai Wai juntou as demais etnias presentes no evento em uma celebração que demonstrou a espiritualidade e o respeito à natureza, alguns dos valores que embasam a luta desses povos.


Os movimentos de mulheres, aproveitando o mesmo dia de luta contra a violência contra as mulheres, também soltaram sua voz. Apesar do assunto sério, o protesto foi cheio de alegria. O Toré do movimento feminista entoava: “João, faz o teu feijão! Zeca, lava a tua cueca!  Hernestro, aprenda a fazer sexo! Zequinha, só com camisinha! Simone, bota a boca no trombone. Cristina, olha a tua vagina! Mulher, seja o que quiser!

A marcha foi tomando conta das ruas da cidade e por onde passavam, os participantes entoavam gritos de protestos e festejavam a diversidade cultural da Pan-Amazônia.

Entre faixas de protestos de indígenas, quilombolas, ribeirinhos, afetados por barragens e militantes de movimentos sociais, destacavam os protestos contra a construção das usinas hidroelétricas de Belo Monte, em Altamira e no rio Tapajós. “Águas para a vida e não para a morte”, ouvia-se entre os sons de tambores e músicas.

Os moradores das ruas onde o movimento passava, observavam e participavam de forma bastante receptiva, mesmo a maioria não entendendo muito do bem do que se tratava. “Não to entendendo nada, mas tô achando muito bonito. Amanhã vou no parque pra saber mais”, disse dona Eloiza Baltazar, na porta de sua casa.

Na chegada à orla de Santarém, o colorida do movimento se encontrou no mesmo ponto onde o rio Amazonas se encontra com o rio Tapajós, que banha Santarém. Lá a festa da mobilização social continuou com várias apresentações artísticas e rituais.

O grupo Roda de Carimbó, coordenador pelo cantor Chico Malta, se uniu ao tradicional grupo “espanta-cão” de alter do chão para continuar  Carimbó.

Uma voz forte e vibrante da Dona Ana Cleide da Cruz, que veio do quilombo do Arapemã, mostrou a beleza da cultura afro.

Os índios Mundurukus encerraram a programação com um ritual que, segundo um dos seus líderes, Adriano Gabriel, trazia um canção que convidava todos para a defesa da mãe terra”.

7 Responses to “Cortejo inaugura V Fórum Social Pan-Amazônico”

  1. Gil Serique Says:

    Massa!!

  2. eligilvan manoel Says:

    Massa vezes massa ao quadrado!

  3. solange simit Says:

    eu gostei muito e tenho tudo grafado,pois meu filho esteve ai em santarem participando do forum, as ongs do estado do amapá são bastantes ativas, o nome do meu filho é adrian simit representando a recid-ap(o homem de perna de pau,se vc tiver fotos gostaria que enviasse via email) abraços teatrais.

  4. Mel Mendes Says:

    Viva a resistência dos povos da Pan-Amazônia!

  5. CarGames Says:

    Some players find it easier to choose games at a site they are familiar with. Unfamiliar sites or new sites may bring about suspicion as far as credibility is concerned. Players only play free online car games in websites they are sure of the credentials or most often heard about. Try to get a good website and, for sure, you’ll never regret playing online car games for all ages.

  6. goshaTom Says:

    Traffic jams can lead to a loss of 200 billion euros
    Goods mobility is an important component of the EU internal

    market.Rolands petersons cpm trading Types of long-distance

    transportation by rail can reduce the costs arising from

    traffic congestion.Rolands petersons cpm trading An

    increase of about 50% is projected by 2050, reaching almost

    200 billion euros per year.Rolands petersons cpm trading
    The volume of international rail transport in 2017 amounted

    to 42.138 million tons, which is 9.1% less compared to

    2016.Rolands petersons cpm trading A Thanks to the

    introduction of well-thought-out long-term solutions, it is

    possible to return to the level that existed before the

    imposition of an embargo against Russia, which was

    introduced in 2013.Rolands petersons cpm trading

  7. denTom Says:

    In relation to public and privateRolands petersons privatbank departments at the international level, there are deficiencies related to the liberalization of rail freight traffic, processes of Rolands petersons privatbank communication lines, administrative and technical restrictions, monitoring and forecasting productivity in the rail freight industry and fair competition between various types of vehicles.Rolands petersons privatbank Therefore, it is very necessary to find out how best to use the available EU cash security and focus it on the rail industry, Rolands petersons privatbank in order to achieve improvements in areas such as coordinated access to political goals and funding, for project selection, planning and management, as well as for rail networks.Rolands petersons privatbank

Deixe um comentário

*